Categorizado | Violão

Trocando as cordas de um violão clássico – náilon

Cordas de violão são como pneus de bicicleta – eles se desgastam e precisam ser trocadas. Porém, ao contrário dos pneus de bicicleta, elas podem apresentar falhas subitamente, ou até mesmo sem haver muito uso.

Bom, de qualquer forma, trocar cordas de guitarra não é um trabalho tão sujo quanto trocar um pneu de bicicleta. Pessoalmente, eu gosto de fazer as coisas por conta própria e pegar a prática com o tempo. A repetição leva à perfeição – aliás, isso serve pra música em geral, concorda?

Trocar as cordas de um violão clássico pela primeira vez pode ser um pesadelo para muitos e pode parecer que é necessário ter a habilidade e destreza de um cirurgião cerebral para fazer isso. Não se assuste, iremos te guiar em todo o processo de trocar as cordas de nylon do seu violão clássico.

1º Passo:

Coloque o violão em uma superfície plana como uma mesa, sem objetos por perto de preferência. Você vai precisar de espaço. Alternativamente, pode apoiar o instrumento em seu colo.

Insira a corda mais grossa, no sentido da esquerda para a direita (conforme na foto), no buraco localizado na ponte do violão.

Trocar cordas de violão 1
Para as cordas de nylon, primeiro, queime a ponta da corda, de modo que se forme uma bolha. A razão de fazer isso é que essa parte queimada irá criar uma superfície aderente na corda e impedir que ela deslize quando estiver sob tensão.

Trocar cordas de violão 15
2º Passo

Com sua mão direita, passe a ponta solta que acabou de inserir no furo por trás da corda, como se desse uma volta por trás dela.

Trocar cordas de violão 2
3º Passo

Agora, passe a extremidade da corda por dentro da volta que você fez, posicionando a ponta da corda na parte de trás da ponte.

Trocar cordas de violão 3
Veja uma imagem aproximada de como deve ficar:

Trocar cordas de violão 4A ponte do seu violão deve ficar como mostrada na figura abaixo. Perceba que a corda está presa nela mesma, com um nó bem simples, que basicamente irá travar a corda na sua posição e impedir que ela deslize.

Trocar cordas de violão 5
Nas fotos, há uma volta grande sendo feita para dar o nó apenas para poder demonstrá-lo. Na vida real, tente fazer uma volta menor e apertar o nó bem.

Para as cordas de nylon, o procedimento é o mesmo, porém, você deve passar a extremidade da corda duas vezes na volta que você fez anteriormente, criando um nó mais firme para essas cordas mas finas. A imagem abaixo mostra como deve ficar o nó.

Trocar cordas de violão 16Trocar cordas de violão 17Trocar cordas de violão 18Agora, vamos para a cabeça do violão…

1º Passo

Posicione a cabeça do violão em seu colo e o corpo do instrumento no chão (basicamente, deixe-o apoiado em você). Apanhe a corda e insira ela no buraco da tarracha. Veja que a corda mais grossa está sendo colocada na tarracha que fica mais embaixo na cabeça do violão (são 3 de cada lado). É importante respeitar essa regra, pois geralmente as cordas tem tamanho específico para a posição onde vão ser colocadas.

Trocar cordas de violão 6

2º Passo

Pegue a extremidade da corda que atravessou o buraco da tarracha e puxe-a por cima novamente, no espaço que fica entre a tarracha e o violão. Veja na imagem como este procedimento foi feito.

Trocar cordas de violão 73º Passo

Passe a extremidade da corda que está em sua mão direita para sua mão esquerda.

Trocar cordas de violão 84º Passo

Agora passe a extremidade solta por baixo da corda, como mostrado na imagem. No detalhe da foto, você pode ver que a corda mais grossa é um pouco diferente de um lado (mais flexível). Isso não é um erro de fabricação – de fato a maioria dos fabricantes fazem isso para facilitar o nó feito nessa corda, que por ser mais grossa, pode desafinar fácil se não for bem colocada.

Trocar cordas de violão 9Veja no detalhe o nó que deve ser feito. Este nó é conhecido como um “meio nó”.

Trocar cordas de violão 10Na 6ª corda, ou corda mais fina, há um procedimento de segurança adicional. Ao invés de fazer um “meio nó”, faça 2 “meio nós”, conforme descrito nesse passo. Isso irá deixar a corda mais fina bem firme, impedindo que deslize facilmente.

Trocar cordas de violão 205º Passo

Com sua mão direita, segure a extremidade da corda e puxe-a firmemente, mantendo ela firme em sua mão. O intuito é não deixar a corda frouxa, então, você deverá puxá-la para ficar bem presa (sem uso de violência).

Trocar cordas de violão 116º Passo

Enquanto segura a corda firmemente, comece a girar a tarracha em sentido horário, com sua mão esquerda.

Trocar cordas de violão 127º Passo

Continue girando a tarracha em sentido horário e você perceberá que o nó feito anteriormente começará a se mover, conforme você gira a tarracha.

Trocar cordas de violão 13O nó vai eventualmente se alinhar com o buraco, como na foto acima.

8º Passo

Continue girando a tarracha até que o nó se posicione acima do buraco e fique na posição mostrada na foto.

Trocar cordas de violão 14Nessa posição, o nó não irá escorregar e você pode soltá-lo. Você pode agora repetir esse processo com as cordas de aço que faltam.

É importante lembrar que sempre que trocamos as cordas, elas precisam de um tempo pra se ajustarem e se acostumarem com a tensão. Nesse período, as cordas vão desafinar com mais frequência e é aconselhável que você afine o violão frequentemente até que ele consiga manter a afinação por mais tempo.

Espero que tenham gostado dessa matéria sobre como afinar um violão clássico com cordas de náilon. Até a próxima!

Gostou? Compartilhe!

Você pode gostar também:

Deixar Comentário

Opine Já!

O que você quer ver no Portal Música?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Estamos no Facebook