Categorizado | Guitarra, Teoria Musical, Violão

Teoria simplificada: Escala Maior

Neste artigo, iremos tornar bem simples o entendimento das escalas, mais especificamente da escala maior. Porém, antes de começarmos, aconselhamos que você já tenha entendido bem o que são intervalos, para que servem e como se aplicam.

O que é a Escala Maior?

A escala maior é compreendendia como uma sequência de 7 sons, composta por 5 tons e 2 semitons. Os 2 semitons localizam-se entre a 3ª e a 4ª nota, e entre a 7ª e 8ª nota. Para ilustrarmos melhor, veja o diagrama abaixo:

Escala Maior 1Para facilitar a compreensão e fazer uma associação concreta, podemos dizer que a sequência Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si e Dó resume a definição da escala maior.

A escala diatônica maior na tonalidade de Dó é  o modelo, por não possuir nenhum tipo de acidente (sustenido ou bemol) em sua formação. Então, os intervalos entre as notas da sequência de Dó maior são exatamente iguais aos da fórmula da Escala Maior – os tons e semitons contidos na escala diatônica são chamados naturais.

Escala Maior 2Baseando-se no entendimento sobre os intervalos, podemos classificar a relação entre as notas dessa escala (sempre à partir da tônica, ou seja, a primeira nota da escala, e as demais notas).

Escala Maior 3

Escala Maior 5Aplicando a escala maior no violão ou guitarra

Como a escala maior possui sete graus diferentes, pois o VIII Grau é a repetição do I Grau, temos sete possibilidades diferentes de execução. Ou seja, podemos partir de cada uma das sete notas, como pode ver no exemplo:

Escala Maior 6Desse modo, podemos digitar as notas da escala maior no braço do violão começando de qualquer uma das notas. Serão sete desenhos, maneiras e modos diferentes. Cada um desses modos recebeu nomes gregos, conforme ilustrado abaixo:

Escala Maior 7Execução da escala maior no violão ou guitarra

Com seu instrumento em mãos é hora de executar os modos de escala maior. Apresentamos os respectivos desenhos melódicos abaixo. Por uma questão de comodidade e facilidade, eles estão na tonalidade de Sol Maior. Digite os desenhos no instrumento utilizando o dedo indicador e médio da mão direita.

Escala Maior 8Escala Maior 9Esperamos com esse artigo ter simplificado ao máximo o entendimento da escala maior, até a próxima!

Gostou? Compartilhe!

Você pode gostar também:

3 Comentários para “Teoria simplificada: Escala Maior”

  1. Orlando José de Souza disse:

    Eu gostei muito desse assunto abordade pelo Portal,já alguns dias eu vinha pesquisando sobre estes modos e o portal me mostrou de forma simplificada e objetiva,que me deu realmente uma visão geral de como utilizar estes Modos Gregos.No violão eu posso também aplicar estes Modos?Porque na realidade eu estou aprendendo violão e o meu interesse pelos modos é porque estou estundo sobre as escalas maiores,menores,melodicas e harmônicas.E para que eu possa formar os campos harmônicos eu tenho que aprender a montar todas as escalas.

    • JP disse:

      Olá Orlando,

      Sim, os modos gregos se aplicam à violão e guitarra. Fazem parte da teoria musical que se aplica a esses instrumentos e outros.

      Em breve iremos colocar um artigo sobre como memorizar esses modos facilmente :)

      Agradecemos pela sua visita!

  2. Eliezer disse:

    bem completo gostei tao de paraei muito ,

Trackbacks/Pingbacks


Deixar Comentário

Opine Já!

O que você quer ver no Portal Música?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Estamos no Facebook