Técnicas de Guitarra: Vibrato

Vibrato é uma das técnicas mais importantes de se aprender para um guitarrista solo, pois deixa um som mais profissional e dá alma a sua tocabilidade.  O vibrato é uma ligeira variação no tom da nota (sem mover de casa), ele proporciona mais profundidade e duração para a nota. Podemos dizer que cria um som mais “falado” nas suas músicas. Mas antes de aprofundarmos no assunto, gostaria que você ouvisse primeiro a diferença na sonoridade da mesma nota sendo tocada com e sem o uso do vibrato, repare bem na diferença:

[Sem Vibrato].mp3

[Com Vibrato].mp3

Muitas vezes o vibrato é confundido com o tremolo, que na verdade é outra técnica (uma ligeira flutuação no volume). Nessa demonstração eu usei software, mas você pode usar um pedal ou até mesmo fazer no knob de volume de sua guitarra:

[Com Tremolo].mp3

Como executar o vibrato?

O vibrato é feito quando você dá aquela puxada pra baixo na corda da guitarra (técnica similar ao bending) com força variada. Dê uma olhada:

vibrato

 

 

 

 

 

 

 

Esse é o melhor método para fazer a técnica. Enquanto pressiona uma casa, rotacione seu punho para trás e para frente, usando como pivô a região onde o seu dedo indicador faz contato com a parte lateral do braço da guitarra, conforme mostrado na foto. O polegar deve ser usado para gerar uma força oposta ao movimento. Se feito corretamente, você deverá repetidamente puxar a corda para baixo e então movê-la para sua posição natural de descanso, flutuando a altura do som emitido pela corda.

[Vibrato Lento].mp3

[Vibrato Rápido].mp3

Você pode tocar o vibrato usando qualquer um dos dedos (obviamente excluindo o polegar), mas sempre usando a mesma técnica descrita, usando o dedo indicador como um pivô e etc..

Outras formas de tocar o vibrato

Na verdade há várias formas e estilos de tocar o vibrato, e é importante para um guitarrista achar um estilo que melhor enquadre, mas basicamente há ainda mais três estilos comuns de se tocar. Eles são:

• Vibrato de Guitarra Solo ou Vibrato de Guitarra

• Vibrato de Violão Clássico

• Vibrato com Alavanca

Vibrato de Guitarra Solo

Imagine-se tocando um bend bem rapidamente numa guitarra uma vez e outra vez de novo, para o guitarra solo é algo similar. Eles são basicamente um rápido movimento ascendente e descendente de sua mão conforme segura a nota. Esse movimento levanta e abaixa a altura da corda rapidamente criando um interessante efeito de sustentação da nota ou sustain effect.

A chave nesse caso para tocar esse tipo de vibrato é vibrar a sua mão e não os seus dedos. Quando todo o movimento vier de sua mão o efeito funcionará melhor, e como um bônus, você não corre o risco de lesar os seus dedos. Porém, ele apresenta uma grande desvantagem, ele só pode aumentar o tom de uma nota. A técnica seguinte não sofre desse problema como vamos ver.

Vibrato de Violão Clássico

Esse estilo de tocar o vibrato usa o movimento horizontal em vez do movimento vertical do vibrato da guitarra, ao pressionar a corda você deve fazer o movimento para trás e para frente para criar o efeito de vibrato.

O diferencial dessa técnica em relação ao vibrato de guitarra é que o tom da nota pode ser tanto aumentada quanto diminutas. Mas em uma guitarra é uma técnica de vibrato bem sutil.

Vibrato com Alavanca da Guitarra

Ele é realizado usando a alavanca da guitarra para criar o efeito desejado.  Você não precisa fazer nenhuma técnica especial com a sua mão esquerda. Este tipo de vibrato é apenas uma questão de tentativa e erro usando a alavanca de sua guitarra.

A grande vantagem em relação aos outros dois estilos de vibrato que expliquei anteriormente é que você pode atingir mudanças de inclinação que seriam impossíveis caso fosse tocado com os dedos. Também pode ser usado para tocar o vibrato em todo o acorde e não apenas em notas individuais.

Então, por onde devo começar?

O vibrato é uma técnica que quanto mais tempo de estudo e dedicação, melhor e mais aprimorado será a sua técnica. Todos os outros 3 estilos são aconselhados em aprender, embora o vibrato de guitarra solo demandará mais trabalho.

Uma vez que você dominar a técnica do vibrato, você vai querer tocar o vibrato harmônico e o bend vibrato, mas isso será assunto pra outro artigo.

Vibrato em uma tablatura de guitarra

O vibrato é mostrado em uma tablatura para guitarra como ‘~’ ao lado de uma nota. Às vezes mais de um ‘~’ pode ser usado para indicar que o vibrato deve ser mantido por mais tempo, embora esse símbolo não represente um determinado tempo específico.

vibrato

Cada guitarrista vai ter o seu jeito em particular de expressar o seu vibrato, alguns vão preferir um vibrato mais agressivo, ou mais mais suaves e outros com utilização de harmônicos, tudo depende do estilo e necessidade do momento.

Fiquem com estas super dicas do Kiko Loureiro.

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


8 + = doze