Solos clássicos: Beat It

Saudações para os guitarristas! Estamos criando uma série de artigos sobre solos clássicos, onde iremos ensinar vocês a tocá-los, bem como passar um pouco sobre a história por trás dessas ótimas composições.

O primeiro solo escolhido foi o da música “Beat It”, de Michael Jackson, criado por Eddie Van Halen. Na época, ninguém entendeu nada… Estava ali, nos créditos do disco. Mas que diabos Eddie Van Halen estava fazendo em um disco do Michael Jackson? Tudo bem, o cara tinha largado seus irmãos no Jackson 5 e feito um grande disco pop (Off the Wall), mas onde é que o Eddie se encaixava dentro da música de Jackson?

A resposta teve o impacto de um soco na boca do estômago. Ninguém estava preparado para “Beat It”, a primeira incursão de Jackson por uma seara explicitamente roqueira. O uso de avalacandas, tapping (com e sem harmônicos) e uma digitação aberta pentatônica fez deste solo algo muito difícil de ser executado, sendo preciso muita dedicação na hora de estudá-lo – assim como qualquer outro solo de Eddie Van Halen. Muitos dizem que o solo foi gravado em apenas um take.

Solo da música Beat It, de Michael Jackson

beat it solo 1

beat it solo 2

O solo em questão se encontra no campo harmônico de Mi menor e as escalas utilizadas foram a pentatônica e a diatônica de Mi menor. Ele começa com uma alavancada arrasadora na 3ª corda solta, seguido de um slide até a 4ª casa, tocado junto com outra alavancada. Na sequência, Eddie usou o tapping harmonic, no qual toca uma nota com a mão esquerda e bate sobre a mesma corda, mas em outra casa da guitarra, soando assim um harmônico dessa nota. Isto acontece nos compasso 2 e 3, em que estão as notas marcadas com as letras “T.H.” (tapping harmônico), enquanto que no compasso 3, 4 e 13 ele usou o tapping tradicional – escala diatônica nos compassos 3 e 4, pentatônica no compasso 13. Nos compassos 15 e 16 há uma sequência de sextinas sobre a escala diatônica e uma técnica chamada hand scrape na última nota, que nada mais é que raspar a mão esquerda sobre uma corda qualquer, soando com um slide de um lugar para o outro.

Para aqueles que tiverem dispostos a gravar um vídeo tocando o solo da música Beat It, envie-nos e iremos publicar no blog. Até a próxima! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


nove − = 2