Slapping com três dedos no baixo

slapping-baixoO baixo é um instrumento muito versátil; você consegue obter uma variedade de sons usando diferentes métodos e técnicas para mão direita e esquerda. Isso faz com que o baixo seja um instrumento fácil de se incorporar em qualquer estilo musical, bem como é fácil de traduzi-lo em qualquer contexto. Um dos mais comuns e mais populares estilos de tocar o baixo é o slapping.

Neste artigo iremos abordar uma técnica muito interessante chamada de “three finger slapping” ou slapping com três dedos e como você pode usá-la para enriquecer sua música.

Esta técnica é focada especificamente na mão direita (mão que você usa para tocar as cordas com a palheta, por exemplo), é interessante fazer um aquecimento antes de tocar. Isso é importante pois faz com que a circulação nos dedos flua melhor. Isso também evita lesões que podem ocorrer e são muito comuns em quem toca baixo com os músculos e tendões frios. Faça uma rotina de aquecimento simples e rápida antes de começar a tocar para evitar esse tipo de acidente.

A técnica de slapping com três dedos possui um nome que pode ser um pouco confuso. Enquanto você usa três dedos ao mesmo tempo para executá-la, você está usando esses três dedos como se fossem apenas dois. O “slap” é criado com a parte lateral do seu dedo, e a “batida” é criada usando seu dedo indicador e dedo médio em conjunto, como se fossem uma garra. O slap sempre precede a batida. Você deve se concentrar para que o slap e a batida funcionem juntos em um movimento pendular, com o slap sendooinício do movimento e a batida vindo em seguida.

Como executar a técnica de slapping com três dedos

O slap é gerado usando o osso na parte lateral do seu dedão, e é usado nas cordas mais grossas (em um baixo de 4 cordas, E e A; em um de 5 cordas, B e E). A batida é gerada com o dedo indicador e médio, como dito acima, formando uma “garra” à partir deles, curvando-os na primeira digitação.

Esses dois dedos então fazem um gancho nas cordas mais finas sendo tocadas (num baixo de 4 cordas, D e G; num baixo de 5 cordas, A, D e G), levantando e soltando-as, criando o distinto som de batida ou o “pop” como é conhecido entre os baixistas e músicos dos estilos funk e jazz.

Uma vez que você pegar o jeito desse movimento (você vai sentir que sua mão está balançando para frente e para trás, ou está “no embalo”), tente adiciona-lo aos seus licks e riffs favoritos de baixo. Escolha licks que usem igualmente as cordas finas e grossas, e riffs que alternam entre essas cordas. Você deve se sentir confortável com esse movimento, bem como precisa ter controle total do que suas mãos estão fazendo.

No fim, a única maneira de chegar à perfeição com a técnica de slap com três dedos é através da prática (como tudo na música). Invista seu tempo para praticar a técnica e preste atenção na forma de execução; a forma correta de tocar é mais importante do que a velocidade, então não se afobe para querer impressionar.

Se ainda está confuso, veja esse vídeo para entender a técnica de slap com três dedos:

Nos envie seus comentários sobre a técnica de slapping com 3 dedos e o que achou dessa aula, participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


oito − 1 =