Rudimentos – Paradiddle: Parte 4

Olá galera, estão estudando bastante os exercícios propostos? Espero que sim, pois hoje vamos deixar mais algumas coisas aqui para vocês praticarem o paradiddle.

Rudimentos – Paradiddle: Parte 4

Bem hoje vamos praticar algumas levadas e viradas com paradiddles, são inúmeras as possibilidades de viradas com paradiddles. Vamos começar com as combinações mais simples e depois mais pela frente veremos combinações mais complexas com viradas e levas a partir de combinação de células rítmicas.

Este exercício consiste de sempre manter o bumbo reto nas semínimas, e aplicando as colcheias entre a caixa e o chimbal. Lembramos que acentuaremos  a primeira nota do paradiddle:

paradiddle com levadas

Com o mesmo princípio com as colcheias e acentuando a primeira nota de cada paradiddle, teremos o chimbal dos tempos 1 e 3, e as caixas dos tempos 2 e 4 acentuadas:

Agora com o deslocamento do bumbo com a mão direita no chimbal e variação de acentuações, conseguimos várias levadas que podem ser interessantes se aplicas no pop e no rock. Veja alguns exemplos:


Vamos passar agora o paradiddle para o bumbo e caixa e conduzindo o chimbal em colcheias:

Agora essa levada é mais aplicada dentro do reggae, que são levadas aplicadas em quiálteras de tercinas e sextinas. Repare que nas levadas de tercina, precisamos de dois compassos para voltar à mão direita inicial.

Para finalizar esta lição de hoje, você tem essa levada que cabe muito bem estilo como o fusion, ou seja, levadas em double paradiddle.

Pessoal, espero que vocês estudem bem pois no próximo capítulo desta lição veremos algumas levas mais complexas com paradiddle! Até a próxima.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


8 − quatro =