Categorizado | Guitarra, Teoria Musical

Power Chords na guitarra como são tocados e pra que servem

Os power chords são bem populares em estilos musicais como no rock and roll ou metal, porque não é sempre necessário tocar acordes grandes e inteiros. Muitas vezes, especialmente em uma guitarra elétrica, que às vezes soa melhor tocar 2 ou três notas, e é aí que os power chords podem vir a calhar.

Os Power Chords são populares desde o nascimento do Blues, mas quando o Grunge começou a aumentar de popularidade, muitas bandas adotaram os power chords quase que exclusivamente, em vez dos acordes tradicionais.

Os power chords contêm apenas duas notas diferentes, a nota raiz ou a tônica, e uma outra chamada de “quinta”. Por esta razão, os power chords são referidos como “quinto acorde” escrito como C5 ou E5 etc.. Os power chords NÃO contêm a nota que, tradicionalmente, nos diz se o acorde é maior ou menor. Assim, um power chord não é nem maior nem menor.

Dê uma olhada neste exemplo de progressão de acordes:

Power Chords na Guitarra

Cmaior – amenor – dmenor – gmaior

C5 – A5 – D5 – G5


Power Chords tocado na sexta corda

power chords

Dê uma olhada no diagrama acima, note que você NÃO deve tocar a terceira, segunda e a primeira corda. Isto é importante saber porque se uma destas cordas tocar também, o acorde pode não soar muito bem. Você vai notar também que a nota da sexta corda está circulada em vermelho. Isto é para indicar que a nota sobre a sexta corda é a raiz do acorde. Isso significa que, ao tocar o acorde, o que estiver sendo pressionado na sexta corda é o nome do power chord. Por exemplo, se o power chord tocado tivesse começado na quinta casa da sexta corda, ele seria chamado de “A Power Chord”, já que nesse caso a quinta casa da sexta corda seria um A. Se ele tivesse sido tocado na oitava casa seria um “C Power Chord”. É por isso que é tão importante saber os nomes das notas sobre a sexta corda da guitarra.

Power Chord tocado na Quinta corda

power chords

Se você consegue tocar um Power Chord na sexta corda, tocar na quinta não deve apresentar qualquer problema. A formula é exatamente a mesma, só que desta vez, você precisa ter certeza que não está tocando a sexta corda. Muitos guitarristas vão superar esse problema tocando levemente a ponta do seu dedo contra a sexta corda. A raiz do acorde é a quinta corda, desta maneira, você precisar saber qual nota que está sendo tocada nesta corda a fim de saber qual power chord você está tocando. Por exemplo, se você estiver tocando a quinta corda na quinta casa do traste, então você está tocando um D Power Chord.

Há várias maneiras nas quais você pode tocar os power chords,  outros exemplo abaixo:

power chordspower chordspower chords

São todos caminhos válidos na hora de tocar um power chord. Repare nas fotos que os dedos que não estão sendo usados estão dobrados na direção da palma da mão, e na foto do meio o dedo mínimo está descansando sobre o dedo anelar, mas nestes casos é apenas para não atrapalhar a visão. Você deve mantê-los relaxados e prontos para tocar a próxima nota.  Observe que, se possível, o dedo indicador também deve tocar levemente um pouco das outras cordas para amortecer os sons indesejados. Isso é mostrado a seguir:

power chords

Coisas que você deveria saber sobre Power Chords:

  • Um power chord muitas vezes é referido como um “quinto” ou “5″ acorde. Se por exemplo, você vê um acorde escrito como C5, este é um C Power Chord.
  • Opcionalmente, você pode omitir o dedo mindinho, e tocar um power chord simplesmente como um acorde de duas notas.  A maioria dos guitarristas ficam com a versão de 3 notas,  assim como soa mais completo. .
  • Outro jeito comum de tocar um power chord é usar o dedo indicador para tocar a nota raiz, enquanto o dedo médio toca as outras duas notas.
  • Power Chord é geralmente usado no rock, pop e blues. Porque são acordes bem pequenos, eles não são comumente usados em situações acústicas e outros dedilhados.
  • Muitos guitarristas preferem dar palhetadas pra baixo quando tocam power chords. Isso resulta em um som mais “robusto”. Naturalmente, esta não é uma regra, apenas uma observação.

Artigo sobre Power Chords na guitarra como são tocados e pra que servem editado e atualizado por JP – PortalMúsica.

Gostou? Compartilhe!

Você pode gostar também:

6 Comentários para “Power Chords na guitarra como são tocados e pra que servem”

  1. Marcos disse:

    Eu não consigo tocar power chord, o som da corda que o dedo anelar pressiona, fica trastejando sobre o próprio traste, como se eu não apertasse mas eu aperto com bastante força e o dedo dói rápido e tenho que parar. Alguém poderia me ajudar?

  2. Alan disse:

    Ola ! Valeu pelas dicas, eu ate sei porem tenho uma duvida : Prescisa abafar ne ? e como faço isso ?

Trackbacks/Pingbacks

  1. [...] usa-se power chords que não são nem maiores nem menores, (artigo sobre power chords clicando aqui) tocando essa escala vai te dar o prazer de um acorde como um AmM7 por exemplo, que tem um som [...]

  2. [...] tínhamos feito um artigo sobre como fazer os power chords, com análises bem detalhadas, clique Aqui para maiores [...]

  3. [...] Vamos começar pelo princípio de que é um acorde. Um acorde é três ou mais notas diferentes tocadas simultaneamente. Os acordes derivam seus nomes a partir da nota funamental, ou tônica,  assim o acorde C tem a sua tônica como C e um acorde G7 terá G. A relação dos intervalos entre a tônica e a terça determina se um acorde é uma maior ou menor. Acordes aumentados e diminutos são outros dois tipos de acordes e tem uma construção um pouco diferente. Os acordes podem ser dedilhados ou palhetados, e há várias técnicas de palhetadas, inclusive temos um artigo sobre isso, clique aqui para ter acesso. Sobre os powerchords, nos livros eles são tratados como acordes normais, geralmente, mas de fato eles são intervalos porque consistem de apenas duas 2 notas. Também temos um artigo sobre os powerchords , se quiser conferir clique aqui. [...]


Deixar Comentário

Opine Já!

O que você quer ver no Portal Música?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Estamos no Facebook