Os diferentes tipos de captadores para baixo

Captadores para Baixo: Assim como para guitarra, há um grande número de variáveis a serem consideradas na hora de buscar o timbre ideal para o seu baixo. A chave entre todas as variáveis para um bom timbre num baixo está nos captadores.

Enquanto há muitas coisas que contribuem para o timbre e o tom do seu baixo (tipos de madeiras, cordas, etc), os captadores são os principais contribuintes que merecem a nossa atenção. Vamos ver então os diferentes tipos de captadores para baixo, os mais utilizados normalmente pelos baixistas, e então vamos dar uma opinião sobre a sua composição e características tonais.

Os diferentes tipos de captadores para baixo

Vamos começar então com as duas colunas básicas entre os captadores: para baixo: captadores ativos e captadores passivos. A diferença entre os captadores passivos e os captadores ativos é que os ativos são alimentados por bateria, enquanto que os captadores passivos não são. Cada tipo tem um som próprio e vantagens e desvantagens.

Captadores para baixo: Captadores Passivos

Os captadores passivos foram os primeiros a serem usados para os baixos. Quando você ouvir uma gravação dos clássicos do Motown como James Jamerson, The Beatles, e Cream, você estará ouvindo captadores passivos. Captadores passivos tendem a ser mais cheios com uma tonalidade mais dinâmica, e essa tonalidade mais gorda é o seu apelo.

captadores para baixo
Captadores Ativos

Os captadores passivos não dão a você muito controle sobre o tom. Nos baixos os controles de graves e agudos são muito parecidos com o seu sistema estéreo. Com captadores passivos você pode apenas virar para baixo as frequências mais agudas e graves. Isso significa que você só pode reduzir as tonalidades graves e agudas dos captadores. Isso não é necessariamente algo ruim, é apenas uma característica de não poder moldar tanto assim as tonalidades dos captadores passivos.

Captadores passivos usam ímãs maiores e podem pegar mais barulho e interferências do que captadores ativos.

Captadores para baixo: Captadores Ativos

Os captadores ativos usam um pré-amplificador ou pré-amp. O pré-amp é alimentado por uma bateria de 9 volts (ou às vezes 2 – um sistema de 18 volts). O pré-amplificador permite frequências tanto cut quanto boost. Isso lhe dá mais controle sobre o tom do seu baixo. O quanto controle que você tem, depende dos recursos do seu pré-amp. Enquanto que alguns pré-amps tem controles sobre os graves e agudos, outros sobre tons médios e outros extras.

Se a bateria morrer, muitos sistemas de captação ativa irá parar de funcionar. Então você precisa se lembrar de levar algumas peças de reposição e colocá-las em baterias novas antes fazer algum show ou exibição. Dependendo do baixo e o quanto você toca, as baterias podem durar de 6 semanas a um ano. Lembre-se sempre de desplugar esses baixos com captadores ativos quando não estiver em uso para evitar de gastar as baterias.

Os captadores ativos são mais ‘acalorados’ (mais altos) que os captadores passivos. Isso ocorre poque há menos perda de sinal no caminho para o amplificador do baixo, fazendo com que sejam mais claros e brilhantes. Os captadores ativos usam ímãs menores e sujeitos a menos interferências externas e outros ruídos de captação externa. Mas alguns pré-amps podem ser barulhentos ou ruidosos, especialmente quando você aumenta o agudo.

A princípio, especialmente se você for iniciante, pode ser difícil fazer uma distinção sonora entre um captador passivo e um captador ativo, você vai precisar ouvir pessoalmente e experimentar nos baixos com esses dois sistemas de captação.

Captadores para Baixo: Captadores Piezoelétricos e Magnéticos

captadores para baixo
Captadores Piezo (passivos)

Agora que fizemos essa distinção básica entre um captador ativo e um captador passivo, agora vamos ver os outros tipos de captadores para baixo que podem cair em qualquer categoria ativa ou passiva.

Outras duas formas bem distintas de definir os captadores é entre piezoelétricos e magnéticos. Os captadores Magnéticos fazem exatamente o que o seu nome sugere: eles usam campos magnéticos para “pegar” as vibrações das cordas, e transmitir o sinal do seu baixo através do cabo para o seu amplificador. Eles devem ser ajustados para não ter contato com a corda, pois a captação da vibração acontece no ar mesmo.

Os captadores piezoelétricos (vamos abreviar para piezo) usam cristais para captar as vibrações. No entanto, os captadores pieozos são geralmente montados sob a sela ou a ponte do seu baixo, e capta diretamente as vibrações do contato da corda com a sela / ponte. Esta é a diferença fundamental entre os dois captadores.

Os captadores piezos são os mais incomuns de serem encontrados, normalmente é mais encontrado em violões e em contrabaixos de alto custo. Nos baixos, eles são geralmente combinados com captadores magnéticos padrão, com um pré-amplificador para misturar os dois tipos ou ignorar um em favor do outro.

Agora vamos ver os outros tipos de captadores para baixo:

Captadores para Baixo: Captadores Single-Coil

captadores para baixo
Captadores Single-Coil (passivos)

Os captadores single-coil possuem uma bobina envolta do ímã do captador. São os captadores mais simples e os mais populares, oferecendo um som mais limpo e brilhante. Uma desvantagem deles é que eles captam com mais facilidade os ruídos externos, emitindo assim um zumbido chato. Ondas de rádio, monitor do pc, e luz fluorescente podem ser uma dessas causas.

Se você  usar 2 captadores single coil (em um Fender Jazz Bass) e os volumes dos captadores forem ajustados de forma igual, esse barulho tende a sumir. Agora se usar apenas um captador single-coil, o stress pode ser maior.

Captadores para Baixo: Captadores Double-Coil – Humbuckers

Assim como usar 2 captadores Single Coil é bom para eliminar o ruído ou o “Hum”, os captadores humbuckers ou Double-Coil foram projeitos para eliminar esse problema de uma só vez com um único  captador. O captador humbucker tem um tom “gordo” e “pesado”, facilmente associado às Les Pauls e SGs, se contrapondo ao tom “limpo” e “brilhante” dos captadores Single Coil, das Strato e Telecasters. Com suas duas bobinas, os Humbuckers são capazes de eliminar praticamente todos os ruídos anômalos causados pelos campos magnéticos do ambiente.

Captadores para Baixo: Captadores Split-Coil

captadores para baixo
Split-Coil (passivos)

O captador Split Coil é simplesmente um captador com bobina dupla separada. Isso você vê normalmente nos baixos Fender Precision. Em vez de um humbucker embaixo das 4 cordas, o captador é dividido em 2, cada um com o seu par de corda. É uma boa alternativa para quem quer um som mais limpo com a eficiência de um humcking para eliminar os ruídos.

Captadores para Baixo: Captadores Ópticos

Entre os tipos de captadores para baixo este é o mais recente. Captadores ópticos utilizam a luz para sentir as vibrações das cordas em vez de ímãs. Eles ainda são muito incomuns e difíceis de serem encontrados, mas são completamente imunes às interferências eletrônicas e magnéticas.

Captadores para baixo com outros tipos de tecnologias

Captadores Soapbar: Este nome refere-se à sua forma física, aparentando-se como  um “sabão preto”. Frequentemente encontrado em baixos de 5 ou 6 cordas.

Captadores Estilo MM: São captadores criados e usados nos baixos da MusicMan.

Espero que este artigo sobre Os diferentes tipos de captadores para baixo possa ter esclarecido todas as suas dúvidas sobre captadores para baixo.

Comentários

  1. Fabio Moreira diz

    Ola amigos, tenho um contra baixo de 6 cordas strinberg, e o som dele é meio estanho não chega nos agudos ele parece que esta com um pano nos alto falantes do cubo, mas de resto ele é bem satisfatório, braço, traste, e corpo acho bem legal, pois bem o que alguns amigos me sugeriram foi colocar a captação de uma marca melhor, mas cada um fala uma marca e eu não sei como me decidir. Eu gostaria de uma opinião de alguém que pudesse me dizer qual captador escolher e por que escolher tal, pois os meus amigos, me falaram vários tipos e quando pergunto por que esse captador ele só saber dizer, por que sim, então não tem fundamento eu escolher a ou b pois não sei qual é o melhor. Vocês podem me ajudar pois estou perdidão?

  2. elias diz

    procura na internet videos com os diferentes captadores, ou vai na loja e testa os baixos que tem os tais. Eu por exemplo tenho um strinberg de 4c vou colocar captadores seymour duncan bass line e vou ver no que vai dar. Mas trocar o captador não quer dizer que seu baixo vá ficar maravilhoso, se puder esperar e juntar uma prata pra comprar um baixo melhor, seria muito mais jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− um = 4