O que é transporte de tonalidade e como aplicá-lo

Você sabe o que é transporte de tonalidade? Já tentou tocar uma música e ficou ruim para cantar? Não conseguiu alcançar algumas notas? Então daremos instruções para que você possa mudar/adaptar o tom de uma música apropriadamente para sua voz.

Entendendo o transporte de tonalidade

O que isso quer dizer exatamente? Veja, se a música está num tom muito alto, onde a melodia é cantada com grande esforço, quase gritando, o que temos a fazer é procurar um tom mais baixo. Se estamos em Dó, fazemos o transporte de tonalidade para Si; ainda estando alto, podemos tentar o Sib, Lá, etc, até encontrarmos o tom ideal. Mas, se ao contrário, o tom de Dó for muito baixo, em vez de descer, sobe-se para o Réb, Ré, Mib, e assim por diante – até encontramos o tom ideal.

Na tabela de transporte temos, na parte superior, o nome dos tons, sejam maiores ou menores. Na coluna vertical de cada tom, estão escritas todas as cifras que poderão aparecer em qualquer música naquele tom. Seguindo a linha horizontal, encontraremos as cifras correspondentes ao novo tom que se quer achar.

Exemplos de transporte de tonalidade

Vamos supor que uma música esteja no tom de Dó maior, com os seguintes acordes: C, G7, C, A7, Dm, G7, C. Havendo a necessidade de transportá-la para o tom de Ré maior, devemos proceder da seguinte forma:

Verifique na coluna de Dó, em que linha está a cifra C. Siga essa linha horizontalmente até encontrar a coluna do tom Ré (D). Continuando, temos a nota G7 e da mesma forma encontraremos a letra A (Lá), na qual devemos acrescentar o “7”, ficando então “A7″.

Procedendo da mesma forma com as demais cifras, teremos o seguinte conjunto de acordes para acompanhar a música em Ré maior: D, A7, D, B7, Em, A7, D. Essas cifras substituirão as anteriores e, lógico, ocuparão os mesmos lugares na execução.

Os sinais de menor (m), diminuto (º) e os números em nada se modificam. Eles devem ser acrescidos à nova cifra encontrada. Para citar um exemplo, veja no tom de Dó, encontramos as cifras: Dm7, Ebº, C7m, G(9), C(#5). Para transportar para o tom de Ré, faremos a operação com as letras D, Eb, C, G, C, que são as mesmas dos acordes dados. Encontraremos as letras E, F, D, A, D. Depois, acrescentaremos os sinais respectivos a cada cifra do tom de Dó e teremos: Em7, Fº, Dm7 A(9), D(#5).

Transporte de Tonalidade: Tabela de Tons

Tons Maiores e Menores
Réb Mib Mi Solb Sol Láb Sib Si
C Db D Eb E F Gb G Ab A Bb B C
Db D Eb E F Gb Gb Ab A Bb B C Db
D Eb E F Gb G Ab A Bb B C Db D
Eb E F Gb G Ab A Bb B C Db D Eb
E F Gb G Ab A Bb B C Db D Eb E
F Gb G Ab A Bb B C Db D Eb E F
Gb G Ab A Bb B C Db D Eb E F Gb
G Ab A Bb B C Db D Eb E F Gb G
Ab A Bb B C Db D Eb E F Gb G Ab
A Bb B C Db D Eb E F Gb G Ab A
Bb B C Db D Eb E F Gb G Ab A Bb
B C Db D Eb E F Gb G Ab A Bb B

 

Experimente tocar algumas canções e faça o transporte de tonalidade para exercitar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


4 − um =