Categorizado | Contra Baixo, Teoria Musical

Método de Memorização das Notas no Braço do Baixo

Olá, hoje vou descrever para vocês um método de memorização das notas no braço do baixo, semana passada eu havia feito uma abordagem sobre como memorizar as notas no braço, uma visão mais geral (clique aqui). Também mostrei um método de memorização baseado na leitura musica (clique aqui). Pois então, vamos ver então o método Nº2.

Método de Memorização das Notas no Braço do Baixo

Esse método de memorização das notas no braço do baixo é bastante simples. Ele combina três elementos: um ciclo das quartas, um intervalo específico de casas e um metrônomo.

Nome das Notas no Ciclo das Quartas

Na música uma das séries mais importantes de notas para se recordar é o ciclo das quartas. O meu exercício de memorização não apenas ensina a você onde as notas no braço do baixo estão, mas como também batem com esse padrão de ciclos em sua cabeça. Nós ainda não escrevemos sobre esses ciclos das quartas e quintas, estou falando do mesmo ciclo que vai no sentido anti-horário, futuramente, descreverei com mais detalhes sobre ele.

Um ciclo das quartas na verdade é um loop de notas. Cada nota é uma quarto perfeita acima da nota anterior, você pode ver da seguinte forma:

C F Bb Eb Ab Db Gb B E A D G C

Esta é uma das séries de notas mais importantes que você deveria ter claro em sua mente. Ela virá com bastante frequência – especialmente em progressões de acordes. Isso pode facilitar a sua memorização se você perceber os trechos BEAD G com bemois e BEAD G sem bemois. Faça esse teste sozinho começando a partir de qualquer nome da nota. Repita o nome delas e você perceberá que esse loop se tornará automático.

Recite para si mesmo esse ciclo das quartas o tempo todo até que soa algo natural para você. Você não poderá fazer o exercício que eu passarei sem ter memorizado esse ciclo das quartas.

Trabalhando as 12 casas

Você vai trabalhar com as notas ao longo das 12 casas de uma só vez. Isto serve para limitar você a apenas um exemplo de cada nota. Na maioria dos instrumentos você trabalhará com 2 intervalos em cada corda.

Por exemplo, você vai estudar as notas das casas 0 a 11 na corda E. Então, das casas 12 a 23 na mesma corda E, e então trabalhando da mesma forma em cada corda.

Neste gráfico você verá de forma bem destacada os 8 intervalos em um baixo de 4 cordas com 24 casas.

 

 

 

 

Muitos baixos têm menos do que 24 casas. Nestes casos, modifique o exercício para se adaptar ao seu baixo. Por exemplo, em um baixo com 22 casas, use as casas de 0 a 11 e 11 a 22. Não se preocupe com a sobreposição de notas com a série anterior.

A sua proposta será a mesma apresentada acima percorrendo por todo o braço e em cada corda.

O Exercício: Procurando o nome daquelas notas!

O exercício tem que encontrar e tocar cada nota do ciclo dentro de cada intervalo de 12 casas junto com a batida do metrônomo.

1. Ligue o metrônomo em 60 bpm.

2. Escolher um intervalo único de 12 casas.

3. Encontre e toque cada nota do ciclo das quartas, mudando as notas em cada batida das quartas no metrônomo.

Diga o nome da nota em voz alta conforme você tocá-las! Por exemplo, “C” -2-3-4 – “F” -2-3-4 – “B bemol” -2-3-4 – “E bemol” -2-3-4, e assim por diante. Cantando o nome da nota é ainda melhor. (Cantar é bom para você!)

Não se preocupe em manter a nota em todas as quatro batidas. Toque tão brevemente conforme você desejar, e use o resto do tempo para encontrar a próxima nota.

Assim que você dominar 100% um intervalo passe para o próximo, não importa muito a ordem na qual você irá adicionar. Eventualmente, você vai tocar todos os intervalos em uma sessão.

Em um baixo de 4 cordas com 24 trastes, você terá 8 intervalos contendo 12 casas cada intervalo. A 60 bpm percorrendo todos os 8 intervalos você vai levar 6.4 minutos.

Acelere!

Uma vez que você pode tocar todos os intervalos em seu baixo, acelere!, tocando a cada 2 batidas (beats):

C” -2 – “F” -4 – “B bemol” -2 – “E bemol” -4, etc. Isso só vai levar 3.2 minutos.

Em seguida, toque em cada batida, pratique todos os dias.

E Sobre os Sustenidos?

Pratique da mesma maneira, mas mude os bemois para uma enarmonia equivalente:

C F A# D# G# C# F# B E A D G C

Variações do exercício

Você pode modificar a notas encontradas nos exercícios de algumas maneiras. Tente por exemplo pegar um intervalo de casas de 5-16. Você também pode usar qualquer série de notas. Que tal tentar em quintas? Uma série a ser evitada seria aquela que você sobe uma escala. Uma série de notas como esta C, D, E, F, G, A, B, C não vai testar a sua memória muito bem.

Em Resumo

Memorizar e aprender o nome das notas no braço do baixo exige paciência. Mas usando esse Método de Memorização das Notas no Braço do Baixo e outros exercícios você não vai levar tanto tempo assim para começar a dominar o nome das notas. Com 2 intervalos em cada corda (desde que sejam idênticos como casa 0-11 e 12-23 ) você pode facilmente dominar uma corda em uma semana. Mantendo essa média em um mês daria pra dominar todos os intervalos.

Resumindo o método: Memorize o ciclo das quartas. Escolha um intervalo de 12 casas. Ligue o metrônomo, e pronto!

Você também pode fazer este exercício sem o seu baixo. Mas isso é assunto pra outra lição…

Espero que tenham gostado desse Método de Memorização das Notas no Braço do Baixo.

Gostou? Compartilhe!

Você pode gostar também:

3 Comentários para “Método de Memorização das Notas no Braço do Baixo”

  1. Marco disse:

    Excelente método, comecei a praticar agora mas dá pra pressentir os resultados!

  2. alessandro disse:

    muito boa essas dicas para tocar um contrabaixo.

Trackbacks/Pingbacks


Deixar Comentário

Opine Já!

O que você quer ver no Portal Música?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Estamos no Facebook