Intervalos na música

O que são intervalos na música?

Os intervalos na música são simplesmente a distância entre duas notas.

– A tônica (1a nota da escala) é a nota que você inicia… por exemplo em Lá (A) a tônica seria a nota Lá na 6a corda, 5o traste.
– Há 7 intervalos gerais:

  • Trítono
  • Há também uníssono e oitava

Isto pode ajudar a entender um pouco melhor os intervalos na música: Olhe para uma corda na guitarra, ela possui 12 trastes e isto equivale a uma oitava (entre o primeiro e o último traste).

Número de semitonsIntervalo diatónicoAbreviaturaIntervalo cromáticoAbreviaturaNomenclatura latina
0Uníssono1ªPSegunda diminuta2ªd
1Segunda menor2ªmUníssono aumentado1ªASemitom
2 (1 tons)Segunda maior2ªMTerceira diminuta3ªdTom
3Terceira menor3ªmSegunda aumentada2ªA
4 (2 tons)Terceira maior3ªMQuarta diminuta4ªd
5Quarta perfeita4ªPTerceira aumentada3ªA
6 (3 tons)Quarta aumentada4ªATrítono
Quinta diminuta5ªd
7Quinta perfeita5ªPSexta diminuta6ªd
8 (4 tons)Sexta menor6ªmQuinta aumentada5ªA
9Sexta maior6ªMSétima diminuta7ªd
10 (5 tons)Sétima menor7ªmSexta aumentada6ªA
11Sétima maior7ªMOitava diminuta8ªd
12 (6 tons)Oitava perfeita8ªPSétima aumentada7ªA

 

Então se você olhar na tabela abaixo, você verá a tônica (nota que você inicia) e você verá também o intervalo maior, menor e perfeito (conhecido também como justo) ilustrado. Por exemplo, no primeiro exemplo você vê o segundo intervalo. A nota tônica está na cor bege. Conte 1 traste pra cima na mesma corda e você verá que a nota preta (a 2a menor) está ali. Conte 2 trastes acima e a nota azul (a 2a maior) está ali. À partir daí você consegue ver essas mesmas notas em todas as cordas.

Outro exemplo seria o intervalo de 5a. Este é um intervalo perfeito porque não possui notas menores ou maiores em si, sendo assim, considerado perfeito. Olhe no diagrama e veja que neste exemplo a nota tônica é o Lá (A) na 6a corda. Conte 7 trastes e você verá o intervalo perfeito no 12o traste. Então a 5a perfeita de um A é E… A B C D E.

Espero que isto ajude um pouco você a entender os intervalos.

Exemplos de intervalos na música no braço do violão / guitarra

intervalos na música

intervalos na música

Dicas para aprender intervalos na música:

Consonância

Se refere a quando um intervalo é mais harmonioso. Ou ele não possue muita fricção em sua relação aural. Eles soam mais estáveis.

Intervalos consonantes

* Oitava (consonância perfeita) só pode ser uma quinta perfeita, aumentada ou diminuída (consonância perfeita)
* Quarta (consonância perfeita)
* Terceira Maior (consonância imperfeita)
* Terceira Menor (consonância imperfeita)
* Sexta Menor (consonância imperfeita)
* Sexta Maior (consonância imperfeita)

Dissonância

É a qualidade dos sons parecerem “instáveis” e de terem uma necessidade aural de serem resolvidos para uma consonância estável. Quando eles vão para um tom maior ou acorde, isto é chamado de resolução.

Intervalos dissonantes: O Trítono

* (maior, menor, aumentado ou diminuído) Segunda Menor
* Segunda Maior
* Sexta Menor
* Sétima Maior

Se você olhar em qualquer um dos diagramas e estudá-los, você verá que a posição das notas no braço do instrumento releva algo importante: alguns intervalos são bem relacionados.

Os intervalos na música de segunda e sétima são intervalos bem relacionados. Se você pegar uma nota Lá e tocar no seu intervalo de sétima maior, você irá acabar tocando um G# (Dó Sustenido, 2 cordas abaixo e um traste acima). Agora onde está esta nota, comparada a oitava da nota Lá ? Um meio-tom para cima e se torna uma segunda menor. Isto é chamado de inversão de intervalo.

Invertendo os intervalos na música

Em termos gerais, isto é o que ocorre quando você inverte intervalos:

Começa emSe torna
PerfeitoPerfeito
Maiormenor
menorMaior
diminuídoaumentado
aumentadodiminuído
uníssonosoitavas
SegundasSétimas
TerceirasSextas
QuartasQuintas
QuintasQuartas
SextasTerceiras
SétimasSegundas
oitavasuníssonos

 

Então, por exemplo, uma quarta perfeita de um G (Sol) aberto é um C (Dó). Este C em uma oitava menor seria uma quinta menor.

Tome alguns minutos para experimentar no braço do instrumento e descobrir a posição de cada intervalo e seu inverso. Você aprenderá o braço da guitarra ou do violão rapidamente assim.

Ótimo, agora o que aumentado e diminuído significam? Bem, quando você aumenta ou diminui notas, você está mudando intervalos. Olhe a tabela à seguir e você terá uma idéia melhor.

- 1 traste (1/2 tom)Intervalo+ 1 traste (1/2 tom)
diminuídoperfeitoaumentado
diminuídomenorMaior
menorMaioraumentado
diminuídomenor ou perfeito
maior ou perfeitoaumentado

 

Ok, isto parece muitas notas no braço da guitarra… Bem, de fato é mesmo. Alguns tons ou intervalos são chamados por diversas notas, por isto são chamados de intervalos enarmônicos ou notas.

Espero que gostem do artigo sobre Intervalos na Música e tenham entendido bem este conceito. Estudem, pois os intervalos são muito importantes para quem quer começar a compor!

Artigo sobre Intervalos na música escrito e editado por JP – PortalMúsica

Comentários

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× seis = 54