Exercícios de guitarra base para guitarristas intermediários e avançados

Olá, este artigo sobre exercícios de guitarra base, surgiu quando observei que existia muitas lições ou exercícios focados para guitarra solo, tanto para iniciantes quanto para intermediários/avançados, o que é compreensível. Mas acontece que materiais voltados para guitarra base já é algo um pouco mais deixado de lado, ao menos algo que tenha um conteúdo bom. Então, visando essa necessidade, vamos focar agora um artigo sobre exercícios de guitarra base, ou guitarra base em geral. Será uma lição para guitarristas mais avançados com exercícios visando reforçar a mão direita, e a sincronização da mão esquerda para direita. Para entender este artigo já é bom o guitarrista ter uma boa noção de compassos, teoria musical, e tempos musicas como semicolcheia, semifusas e etc.

Exercícios de guitarra base

Existe uma infinitade de técnicas de guitarra por aí, mas vamos começar com uma delas que é amplamente divulgada e utilizada o down stroke ( neste artigo o símbolo para esta técnica será “V”). O exercício a seguir ajudará a desenvolver a força e resistência para a mão direita. Tente fazer este exercício de forma limpa sem pular uma nota ou corda, e claro, use sempre o metrônomo!

Chave Musical:

C – Semínima
E – Colcheia
S – Semicolcheia
T – Fusa
v – Down-Stroke (batida/ataque para baixo)
^ – Up-Stroke (batida/ataque para cima)

Exercícios de guitarra base 1: O down-stroke ( baseado no Dream Theater – “Pull Me Under”).

 E E E E E E E E   E E E E E E E E
|–––––––––––––––––|–––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––|–––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––|–––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––|–––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––|–––––––––––––––––|
|–0–0–0–0–0–0–0–0–|–0–0–0–0–0–0–0–0–|
  v v v v v v v v   v v v v v v v v

Esse exercício aí de cima visa reforçar o braço direito para preparação de bases mais complexas que vem pela frente. Se você conseguir tocar esse exercício ai, por 2 minutos sem se cansar em 180bpm, então já está se tornando um guitarrista melhor!

Exercícios de guitarra base 2: Palhetada Alternada ( baseado na introdução de Trivium –  “Enter the Conflagration”).

S S S S S S S S S S S S S S S S   S S S S S S S S S S S S S S S S
|–––––––––––––––––––––––––––––––––|–––––––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––––––––––|–––––––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––––––––––|–––––––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––––––––––|–––––––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––––––––––|–––––––––––––––––––––––––––––––––|
|–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–|–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–0–|
  v ^ v ^ v ^ v ^ v ^ v ^ v ^ v ^   v ^ v ^ v ^ v ^ v ^ v ^ v ^ v ^

Este segundo exercício nos apresenta uma outra técnica praticamente utilizada em todos os estilos de música que envolve uma guitarra. Cada nota deve ser tocada de forma limpa e uniformemente, alternando entre down e up strokes. Como dito, é uma lição para guitarristas de nível avançado, então não preciso explicar sobre down stroke e up stroke. De qualquer forma, tente tocar esta técnica com um metrônomo, novamente, visando em torno da marca de 180bpm se conseguir é claro. Mas não caia na zona de conforto, chegou em 180bpm? Agora corra atrás de 250bpm!!!

Exercícios de guitarra base 4: Gallop ( Baseado em Lamb of God – “Black Label”).

  S S E  S S E  S S E  S S E   S S E  S S E  S S E  S S E
|––––––––––––––––––––––––––––|––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––|––––––––––––––––––––––––––-–|
|––––––––––––––––––––––––––––|––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––|––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––|––––––––––––––––––––––––––––|
|–0–0–0––0–0–0––0–0–0––0–0–0–|–0–0–0––0–0–0––0–0–0––0–0–0–|
  v ^ v  v ^ v  v ^ v  v ^ v   v ^ v  v ^ v  v ^ v  v ^ v

Esta técnica é amplamente usada no death metal e no speed metal, dando uma base forte e agressiva para a música. Esta técnica foi popularizada pelo Iron Maiden, em alguns versos em particular e refrões que envolviam repetições de movimento de alta velocidade. Sem dúvidas é um dos melhores exercícios de guitarra base. Comece de forma lenta, e vai contanto as batidas em sua cabeça ou em voz alta com metrônomo, e claro, e vai aumentando a velocidade conforme se sentir mais confiante. Você vai perceber que este exercício passa a sensação de uma base de um-doi-três-descansa, um-dois-três-descansa.

Exercícios de guitarra base 5: Adicionando complexidade ( de uma olhada por Paul Gilbert – “Technical Difficulties”).

|–3–|    |–3–|   |–3–|   |–3–|    |–3–|   |–3–|    |–3–|   |–3–|
  S S S E  S S S E  S S S E  S S S E   S S S E  S S S E  S S S E  S S S E
|––––––––––––––––––––––––––––––––-–––|––––––––––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––––––-–––|––––––––––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––––––-–––|––––––––––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––––––-–––|––––––––––––––––––––––––––––––––––––|
|––––––––––––––––––––––––––––––––-–––|––––––––––––––––––––––––––––––––––––|
|–0–0–0–0––0–0–0–0––0–0–0–0––0–0–0–0–|–0–0–0–0––0–0–0–0––0–0–0–0––0–0–0–0–|
  v ^ v ^  v ^ v ^  v ^ v ^  v ^ v ^   v ^ v ^  v ^ v ^  v ^ v ^  v ^ v ^

Infelizmente não consegui fazer o caractere da semifusa no meu word, então vai assim mesmo.. De qualquer forma, este exercício expande a idéia sobre palhetada alternada, só que com notas mais complexas como a semifusa, fazer em 150bpm já algo bem avançado!

Exercícios de guitarra base 6: Adicionando complexidade

S E  S E  S E  S E  S S S S   S E  S E  S E  S E  S S S S
|–––––––––––––––––––––––––-–––|–––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––-–––|–––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––-–––|–––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––-–––|–––––––––––––––––––––––––––––|
|–––––––––––––––––––––––––-–––|–––––––––––––––––––––––––––––|
|–0–0––0–0––0–0––0–0––0–0–0–0–|–0–0––0–0––0–0––0–0––0–0–0–0–|
  v ^  ^ v  v ^  ^ v  v ^ v ^   v ^  ^ v  v ^  ^ v  v ^ v ^

Este exercício é muito bom também, não sei exatamente o nome dele mas vou chamá-lo de Up-Down Gallop, porque ele soa como isso mesmo. Essa é uma das minhas bases favoritas, se quiser, pode ser combinado com hammer-ons e pull-offs, criando uma base mais funkeada, soa bem legal.

Bom então é isso pessoal, e assim eu concluo a minha lição sobre exercícios de guitarra base para níveis intermediários a avançados. Espero que tenha gostado desta lição, e que ajude a explorar novas áreas tanto no estilo de tocar quanto musicalmente. São todos ótimos exercícios de guitarra base.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


oito − 4 =