Dicas de como limpar o corpo da guitarra ou baixo

Olá pessoal tudo bem? Nesse artigo sobre dicas de como limpar o corpo da guitarra ou baixo, iremos retratar detalhadamente sobre a limpeza e cuidados com o corpo do seu instrumento musical! Nos artigos posteriores, iremos retratar então sobre a limpeza e cuidados com as outras partes do seu instrumento, como o braço e outros componentes. Limpar o corpo da guitarra ou baixo requer bastante cuidado, pois diferentes elementos como o acabamento e a madeira da escala mudam alguns aspectos da limpeza.

Normalmente, um instrumento de acabamento brilhante possui pintura com quatro tipos de aplicação: fundo aderente, fundo poliéster, tinta e duas a três mãos de verniz. Após ficar seco, o corpo é lixado para ficar nivelado e, em seguida, polido — nesse processo, curiosamente, pode perder uma ou duas camadas de verniz.

Quando em uso constante, o equi­pamento começa a apresentar proble­mas em sua superfície. A pintura retém a gordura das mãos, enquanto o suor mais ácido causa algumas pequenas manchas. O verniz, por sua vez, chega a “queimar”, apresentando aspecto ama­relado e sem irregular. Também surgem, em decorrência de seu constante ma­nuseio, pequenos arranhões e riscos.

Lembramos que, dependendo do estado do seu instrumento, ou da sua paciência em fazer tal serviço de manutenção, o correto seria levar a sua guitarra ou baixo para um bom luthier. No caso do luthier ele iria desmontar o seu equipamento e faria um serviço cuidadoso ao limpar o corpo da guitarra ou baixo, como por exemplo lixar, poliar (com equipamentos) e lixar de novo. O problema é que as mãos não conseguem polir com a mesma força e velocidade em todos os pontos por cau­sa do cansaço dos músculos e dos obs­táculos criados por captadores, pontes, escudos e outros componentes. Con­seqüentemente, nem todos os lugares ficarão livres de manchas. Se não forem aplicadas em instru­mentos desmontados e com máquinas apropriadas, as ceras automotivas podem causar brilhos irregulares na pintura.

Vale lembrar que essas dicas e técnicas ao limpar o corpo da guitarra que iremos passar vale para instrumentos com superfície brilhante, os que não apresentam essas características e tem revestimento de nitrocelulose não devem ser aplicados esses métodos.

Então vamos por mãos a obra e vamos ver alguns dos itens que serão interessantes a serem usados para limpar o corpo da guitarra ou do seu baixo!

Dicas de como limpar o corpo da guitarra ou baixo!

Como limpar o corpo da guitarra – Etapa I: Assepsia

1. Algodão Hidrófilo

limpar o corpo da guitarra

 

 

 

 

2. Álcool Isopropílico

limpar o corpo da guitarra

 

 

 

 

A idéia é que, o álcool usado de forma pura sem água e com extrema facilidade de evaporação, é uma solução muito boa e simples para retirar a gordura no corpo do seu instrumento, o líquido retira de forma eficiente resíduos de suor, restos de cera e poluição, além de limpar e eliminar o mau cheiro.

Como limpar o corpo da guitarra – Etapa II: Polimento

1. Cera para Guitarra

limpar o corpo da guitarra

 

 

 

A cera para guitarra é muito boa após uma limpeza com álcool e muitos músicos a utilizam, e ela é facilmente encontrada em lojas de instrumentos musicais. O produto possui baixa abrasividade e serve para proteger a pintura e torná-la mais lisa, evitando o aparecimento de riscos.

Obs: Faça isso somente após a limpeza com o álcool, caso contrário poderá deixar a sua guitarra ou baixo ainda mais engordurados.

Caso o estado de sua guitarra já esteja em perfeitas condições, então você não precisa nem chegar a fazer a etapa seguinte. Mas caso a sua guitarra ou baixo ainda apresentam pequenas manchas ou algumas manchas antigas, somente passar o álcool e polimento podem não resolver esses problemas. Então vamos ver o que deve ser feito na etapa seguinte.

Como limpar o corpo da guitarra – Etapa III: Removendo manchas

1. Óleo de Limão

limpar o corpo da guitarra

 

 

 

 

Nesse caso, recomendamos usar o óleo de limão, que é um produto específico para guitarra que você pode encontrar ou em lojas especializadas ou oficinas de luthiers . Em con­tato com a pintura,  o líquido remove sujeiras grudadas e máculas de suor e de pintura queimada. Deve-se embebê- lo em um algodão hidrófilo, aplicando o conjunto no local desejado. Após cinco minutos, retira-se o excesso com um chumaço seco. Em seguida, a oleosi­dade resultante é removida com um algodão molhado apenas com álcool isopropílico. Após passar por esse processo ao limpar o corpo da guitarra com o óleo de limão, você pode terminar o processo de limpeza da guitarra com uma cera automotiva ou uma cera de polimento para guitarra.

Considerações finais

Em um instrumento novo, o resultado final dessas etapas de limpeza com o corpo de seu instrumento irá propiciar uma enorme proteção contra possí­veis desgastes prematuros. E o acabamento geral da pintura melhora­rá bastante do que apenas encerar o seu instrumento.

Como já havíamos mencionado anteriormente, essas dicas de como limpar o corpo da guitarra ou baixo servem para instrumentos de corpo brilhante.

Artigo sobre Dicas de como limpar o corpo da guitarra ou baixo escrito editado por JP – PortalMúsica

Comentários

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ dois = 6