Como Tocar Blues na Guitarra

Olá galera! Hoje resolvi fazer um post mais direto, mostrarei uma breve introdução de como tocar Blues na Guitarra! O ‘Blues’ é um tipo de música que foi introduzida por ex escravos africanos oriundos do sul dos Estados Unidos. Com a influência da música ocidental, ele começou a evoluir para uma música mais estruturada. A forma mais popular do blues é conhecido como o ‘blues de 12 compassos’  (12 bar blues), que tem uma estrutura muito distinta de ‘chamada e resposta‘, que é um tipo de fraseado musical onde uma melodia será seguida por outra contra-melodia.

COMO TOCAR BLUES NA GUITARRA

Conhecendo o Blues de 12 Compassos

Um Blues de 12 Compassos é basicamente uma série de mudanças de acordes que se repetem a cada 12 compassos. Um típico Blues de 12 compassos será composto de apenas três acordes também conhecidos como acordes de I, acordes de IV e acordes de V. Esta forma de blues pode ser encontrada em inúmeras gravações, você vai ouvir isso nas músicas de Eric Clapton, Jimi Hendrix, BB king e Elvis Presley apenas para citar alguns. Dê uma olhada em ‘Before You Accuse Me’ de Eric Clapton para entender como ela funciona. Aqui está um exemplo de uma sequência de acordes em um blues de 12 compassos:

1          2         3         4
|G / / / |G / / / |G / / / |G / / / |
5          6         7         8
|C / / / |C / / / |G / / / |G / / / |
9          10       11       12
|D / / / |C / / / |G / / / |D / / / | 

O exemplo acima está na tônica de Sol maior (G), então G como  I,  C como IV e D como V. O acorde D no último compasso é conhecido como o ‘turnaround’ (traduzindo, acorde de virada), simplesmente porque lhe dá a sensação de querer começar tudo de novo. Quando você estiver pronto para parar, basta substituir o acorde D no último compasso pelo G.

Uma variação comum do blues de 12 compassos é realizar uma “rápida mudança” no segundo compasso antes de voltar para o acorde I. Esta é a forma usada em  ‘Before You Accuse Me’. Dê uma olhada também em ‘Red House’ de Jimmy Hendrix, nela foi usada a mesma forma.

Aqui um exemplo na tônica de E:

1          2         3         4
|E / / / |A / / / |E / / / |E / / / |
5          6         7         8
|A / / / |A / / / |E / / / |E / / / |
9          10       11       12
|B / / / |A / / / |E / / / |B / / / |  

* O acorde B precisa que você faça uma pestana (use o seu dedo indicador como uma pestana, ou seja, cruzando ele em todas as cordas*

Acorde ‘B’ pode exigir pouco de esforço para aprender, felizmente, há uma maneira mais fácil / interessante de tocar o blues de 12 compassos, veremos a seguir!

Tocando o Blues de 12 Compassos

A maneira mais favorecida de tocar um blues de 12 compassos é enquanto estiver tocando um ‘riff’. Um riff é um conjunto de padrões (patterns) que pode ser repetido e usado para cada acorde do blues de 12 compassos. Em vez de tocar um acorde completo, um riff muitas vezes consiste apenas de tocar algumas cordas ou até mesmo uma para fazer o trabalho. Esta é uma maneira mais melódica de tocar os acordes, além de ser mais fácil para os dedos. Veja como fica:

como tocar blues na guitarra

 

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download- Riff de Blues em E

como tocar blues

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Riff de Blues em A

blues de 12 compassos

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Riff de Blues em B

O riff de blues na tablatura acima é um clássico, um verdadeiro “must know” que todo guitarrista deveria aprender. Como você pode ver, todos os acordes agora são substituídos por um riff que utiliza apenas 2 cordas.

Aprendendo o Shuffle

Para obter realmente um verdadeiro ‘Blues Riff’, e fazer ele soar de forma certa, você precisa estar no ritmo certo. Esse ritmo certo que você precisa saber é o Shuffle. O shuffle é um ritmo típico do blues, é um pouco difícil de descrevê-lo por escrito (alguns dizem que se parece com um batimento cardíaco), então eu sugiro que você ouça atentamente o exemplo dos áudios acima e tente memorizá-los. Pratique os riffs, pegue o ritmo certo e então você estará pronto para tocar junto com Eric Clapton.. :)

Variações de Riffs de Blues

Agora que aprendeu a tocar um riff de blues básico (eu espero pelo menos hehe), vamos dar uma olhada em algumas de suas variações que podem ser criadas a partir deste pattern básico.

Variação 1:

 

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Variação 1

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Variação 1

Variação 2:

 

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Variação 2

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Variação 2

Variação 3:


 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Variação 3

Pode não ser possível tocar a variação 3 com ‘acorde A’ em uma posição aberta, então vamos deixar isso reservado ao ‘acorde E’. Então aqui temos uma boa variação para iniciar:

Variação com acorde B

 

 

 

 

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Download – Variação com acorde B

Considerações Finais

Para quem quer aprender a tocar blues na guitarra, antes de mais nada tem que manter a cabeça e o coração em uma coisa: no ritmo. Outros elementos que são cruciais que nenhum guitarrista do estilo deveria ficar sem incluem: as mudanças de tempo do blues, e aprender vários ritmos derivados do shuffle, em variações lentas e rápidas, e como variar diferentes partes, etc.. Tudo isso é muito importante na hora de aprender a tocar blues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


6 × = doze