Como são tocados Acordes com Pestana

Olá, hoje iremos mostrar para vocês como são tocados os acordes com pestana. Conforme prometido, este seria o último acorde em que ficamos devendo um artigo a respeito, e aí está! Vamos lá.

Os Acordes com Pestana são acordes que envolvem o uso de um dedo, geralmente o seu primeiro dedo, para pressionar todas as cordas para baixo de uma só vez em uma única casa. Acordes com pestana transformam o seu primeiro dedo em um capo móvel. Você pode então usar os três dedos restantes  para tocar desenhos de acordes abertos, mas em qualquer posição na escala do braço. Nem todos os desenhos de acordes abertos são fáceis de tocar com uma pestana, mas depois de ter aprendido algumas técnicas, o seu vocabulário sobre os acordes irá aumentar e você será capaz de tocar ao longo da escala.

Como tocar os Acordes com Pestana

como tocar acordes com pestanaInicialmente, os acordes com pestana são muito mais difíceis de tocar do que os acordes abertos. Então, antes de começar a tocar esses acordes, você deve treinar a sua mão para que ela se acostume com esse tipo de acorde. Para fazer isso, você vai ter que pressionar levemente o seu primeiro dedo contra as cordas (aplicando nenhuma pressão), de modo que o dedo cubra todas as cordas ao longo da mesma casa. Continue aumentando a pressão até que todas as cordas possam ser ouvidas claramente. Um erro comum dos iniciantes é aplicar muita pressão à ponto de fagidar a mão. Ao aplicar essa técnica de ir aumentando aos poucos a pressão nas cordas, você perceberá que irá precisar aplicar a força de forma muito mais leve do que imaginava.

Seu polegar deve estar diretamente atrás do seu dedo indicador no braço do instrumento para um pleno apoio.

Acordes com Pestana usando 6 cordas

Este tipo de acorde com pestana usa todas as cordas. Podemos comparar isto com os acordes em E, porque desde que a guitarra seja afinada em E – ele pode ser considerado como um acorde aberto com pestana. Você pode encarar todos os acordes abertos como um tipo de acorde com pestana, na qual não exige tocar todas as 6 cordas, porque você usa cordas soltas. Vamos analisar então esses dois acordes embaixo:

Acordes com Pestanaacorde com pestana G maior

E maior                                 G maior

Em ambos os casos, a relação entre as notas individuais é idêntica, razão pela qual o acorde G seja ainda um acorde Maior. A diferença está na nota fundamental, que determina a tônica de um determinado acorde. Ao olharmos para a nota fundamental, podemos ver que a diferença entre todas as notas de E maior e G maior são três casas. Mas desde que a relação continua a mesma, a forma deste acorde pode ser tocada em qualquer lugar do braço. Por exemplo, poderia ser tocado como um A maior ou um B maior, colocando nestas duas posições:

A maior com pestanaB maior com pestana

A maior (5ª casa)            B maior (7ª casa)

A utilidade principal dos acordes com pestana vem da sua capacidade de serem tocados em qualquer lugar do braço. Ao deslizar o desenho do acorde pra cima e pra baixo no braço, permite que você toque muitos diferentes acordes de forma relativamente fácil. Esses acordes com pestana são uma ferramente fundamental para guitarristas base, uma vez que pode facilmente ser usado para criar progressões de acordes sincopados.

Com os acordes com pestana a transição entre um acorde maior para um acorde menor se torna relativamente simples. A diferença entre um acorde E maior para um E menor está no ato de levantar mais um único dedo, diminuindo assim, a nota em um semitom. Com qualquer acorde com pestana na qual seja formado usando o desenho da Escala Maior em E, você levanta um único dedo e então toca o acorde menor. Vamos conferir estas correspondentes trocas:

E maior com pestanaE menor

E maior                                 E menor

G maior

G maior                                G menor

A mesma idéia pode ser aplicada a acordes de sétima, ou qualquer outro acorde que você puder pensar.

E7 com pestana

E7                                             G7 (3ª casa)

 

Acordes com pestana usando 5 cordas

Os mesmos princípios seguem aqui.  Excepto que, em vez de usar o desenho do acorde E, o acorde A é usado. Além disso, cabe ressaltar que apenas cinco cordas são tocadas, o que significa que a corda E grossa não deve ser permitida soar.

A maior                                 C maior

Com esta lição sobre acordes com pestana finalizamos a nossa sequência de artigos sobre acordes, espero q tenham gostado!

Créditos ao JotaGalocha

Comentários

  1. diz

    o bom seria se vcs fizesse um video
    ensinando como botar notas maiores com pestanas pq na minha opiniao nem todas as pessoas entende desse modo q vcs colocaram assim
    eu msm ñ entendi !!!

    • Beto Krepsky diz

      Olá Fernando, entendo a sua dificuldade, mas em qual conceito você está tendo dificuldades? Algum acorde em específico? Disponibilizamos o vídeo que resume bem essa função do indicador como uma pestana :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


1 + = oito