Como Ler Partitura/Escrita Musical: Bemois, Sustenidos e Naturais

Fala pessoal tudo tranquilo? Espero que vocês tenham estudado a primeira parte desta lição, caso não se lembrem ou ainda não leram acessem esse link aqui, pois vai ser importante para o entendimento desta parte. Pois bem, agora que vocês já sabem ler uma partitura, vamos ver agora outros elementos comumente encontrados nas partituras. Começaremos então com sustenidos , bemóis   e naturais .

Quando um sustenido é colocado em frente a uma nota, nós elevamos essa nota em um semi tom.

como ler partitura

Conforme visto no diagrama acima, adicionando um sustenido antes do Sol, tornamos num G#. Você deve estar ciente de que uma nota com sustenido carrega o sustenido ao longo de todo compasso caso for a mesma nota, a menos que uma natural seja colocada antes da nota.

G natural e G são as mesmas notas.

É importante você manter esse conceito em sua mente, pois agora vamos passar para os bemóis. Um bemol é exatamente o inverso de um sustenido, pois com ele nós descemos um semi tom. Assim como nos sustenidos, o bemol é carregado por durante todo o compasso a menos que uma natural seja especificada.

Os acidentes bemóis e sustenidos também são usados nas fórmulas de compasso. Isto é, quando um ou outro é posicionado à direita de uma clave. Isto significa que em vez de ter uma nota em bemol ou sustenido nós teremos esses bemóis e sustenidos por durante todos os compassos. Durante neste período se houver um sinal de nota natural, então ela será natural, fora isso ela volta ser ou bemol ou sustenido em todos os compassos. O mesmo caso tenhamos um sinal de nota natural à direita da clave.

Como você pode ver, a fórmula de compasso mostra um B bemol e um E bemol no primeiro compasso. A fórmula de compasso muda completamente no segundo compasso quando essas duas naturais são adicionadas na fórmula. Eles cancelam ambos os bemóis e sustenidos no compasso.

Com isso concluímos esta segunda lição básica sobre leitura musical.  Na próxima lição vamos abordar coisas como: e como eles se relacionam com a batida ou o pulso de uma música.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× 4 = trinta dois