Como entender o acompanhamento musical

Acompanhamento musical

No acompanhamento musical é fundamental um bom conhecimento a respeito do ritmo, pois este é o que caracteriza os vários estilos musicais. A idéia do ritmo se baseia na divisão ordenada dos tempos.

Por unidade de tempo se deve entender o espaço que se passa entre dois limites ou momentos pré-estabelecidos. Em uma sucessão rítmica o primeiro momento tem caráter de repouso e é denominado o momento do acento forte; os outros momentos têm, no entando, caráter de movimento e são denominados momentos do acento fraco.

Esses “momentos” em termos musicais, denomina-se tempo. Eles são agrupados de forma ordenada para se distinguir o momento de acento forte, sendo que esta medida – ou grupamentos de tempo – denomina-se compasso. A duração de tempo que ocupa todo o compasso denomina-se unidade de compasso.

Cada tempo por sua vez é considerado como unidade de tempo e é, então, suscetível a ser dividido em duas ou três partes de igual duração denominando-se subdivisão binária ou ternária.

O compasso de subdivisão binária é denominado Compasso Simples. Por exemplo:

2 / 4 ; 3 / 4 ; 4 / 4

O compasso de subdivisão ternária é denominado Compasso Composto.

6 / 8 ; 9 / 8 ; 12 / 8

São estes os dois ritmos fundamentais na música.

É muito difícil se pré-estabelecer acompanhamentos musicais – mesmo dentro de um repertório de músicas pertencentes a uma mesmo estilo musical. Seus acompanhamentos se modificam para se adaptar melhor a elementos musicais como ritmo, forma e outros. Por isso o acompanhamento é uma parte musical de certa forma livre no que diz respeito à música popular, ficando a encargo do bom gosto do executante.

Como entender o acompanhamento musical editado por Portal Música

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


7 − = seis