Básicas Progressões de Acordes para Violão

E ai pessoal tudo bem? Hoje eu gostaria de compartilhar pra vocês uma lição interessante que achei sobre progressões de acordes, achei interessante e prática de aplicar, feita para iniciantes. Mas antes de pegarmos no violão, vamos dar uma olhada na teoria básica por de trás das progressões de acordes.

O que é uma progressão de acordes?

progressão de acordesAs progressões são apenas uma série repetitiva de acordes que compõem a estrutura de uma canção. Estes acordes compartilham estas notas em comum e a maioria das progressões de acordes são geralmente associadas com uma escala e as notas de cada acorde são geralmente retirada da escala. Algumas progressões são mais simples como conforme apresentadas na música pop ou folk, enquanto outras são mais longas e mais complicadas, conforme encontramos no jazz (nem sempre isso é verdade).

Nas progressões de acordes usamos algarismos romanos para anotar a posição dos acordes nas fórmulas de compasso. Por exemplo, o primeiro acorde da tônica é o acorde I. O quarto é IV e assim por diante. Os acordes maiores são marcados por um algarismo romano maiúsculo e os acordes menores são marcados por um algarismo romano minúsculo. E os símbolos “o” e “+” são usados para anotar acordes diminutos e aumentados respectivamente. Acordes que não estão na escala podem ser indicados ao colocar um sinal de sustenido / bemol antes do acorde.

A posição do acorde corresponde com a escala utilizada e também determina se o acorde deve ser maior ou menor. Por exemplo, um acorde construído na vi de Sol, contêm as seguintes notas: E , G, e B,  portanto, deve ser menor. Os acordes disponíveis fora de uma escala maior seria:  I, ii, iii, IV, V, vi, e vii o. Nem todos estes acordes serão utilizados na progressão de uma escala maior em um música. Na verdade, canções mais populares empregam apenas quatro ou menos acordes da escala. Os acordes mais predominantes são I, IV, V, e iv.

Uma coisa interessante é que você já deve ter notado que ao ouvir alguma música popular na rádio, algumas delas podem soar muito parecidas,  isto ocorre porque na música popular muitas vezes usa-se as mesmas progressões de acordes. E nesta lição vamos ver algumas destas populares progressões.

Básicas Progressões de Acordes para Violão

Vamos tentar a seguinte progressão de acorde:  I, V, vi, IV na tônica de G. Esta é uma progressão comum que pode ser encontrada em inúmeras canções. “No Woman, No Cry”, de Bob Marley é um exemplo ou então do Blink 182  “What’s my Name Again,” dai vai conforme o seu gosto e estilo. Tocado na fórmula 4/4 seria algo como isso:

Aqui está outra progressão popular. É chamada às vezes de progressão dos anos cinquenta, mas ainda é muito usada nos dias de hoje. Esta progressão I – vi – IV – V pode ser encontrado em “Jesus of Suburbia” do Green Day ou em “99 Red Balloons” – Nena . Aqui está na tônica de E na fórmula 6/8.

É claro que existem muito outras progressões de acordes bem comuns por aí, como por exemplo esta aqui I | vi | IV | V | (tente tocá-la na tônica de C, e se conseguir, tente tocar em D e G). O importante é praticar as questões aqui levantadas nesta lição. Inevitavelmente quando aprender a tocar alguma música, você vai encontrar alguns dos elementos aqui encontrados, e é nessa hora que eu espere que nós tenhamos lhe ajudado!

Agradecimentos ao Guitarlessoninsider.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


7 × dois =