Amplificadores de guitarra para iniciantes

Olá, este artigo será focado especialmente sobre amplificadores de guitarra para iniciantes. Anteriormente já havíamos escrito uma matéria sobre melhores amplificadores para guitarra. Porém, desta vez, focaremos em como escolher o seu primeiro amplificador para guitarra.

Escolher o amplificador ideal é vital para os guitarristas, pois ele é tão importante na composição no timbre quanto a própria guitarra. E nessa, é comum o iniciante ficar perdido quanto à escolha do primeiro amp, pois cada modelo tem uma personalidade e jeito diferente. Assim  como no mercado de guitarra, o mercado dos amps tornou-se algo complexo e interessante.

Antes de iniciarmos então o conteúdo sobre amplificadores de guitarra para iniciantes, vamos colocar aqui resumidamente um pequeno glosário sobre os termos básicos quando o assunto é amplificador.

  • Combo: Amplificador e caixa acústica no mesmo gabinete.
  • Cabeçote: Amplificador e gabinete próprio.
  • Caixa 1×12: Gabinente com um falante de 12 polegadas.
  • Caixa 4×12: Gabinente com quatro falantes de 12 polegadas.
  • Watts: Medida utilizada para medir a potência de aparelhos eletrônicos. No caso dos amplificadores a potência real seria Watts RMS.
  • Pré Amp: Estágio de amplificação inicial de ganho e equalização de sinal.
  • Power Amp: Estágio do amplificador responsável pela potência de saída.
  • Send/Return: Conexão que possibilita adicionar efeitos entre os estágios de pré-amplificação e power.
  • Tolex: Revestimento vinílico utilizado em amps e caixas.
  • Tweed: Revestimento de tecido de padronagem e cor clássicas (amarelo-mostarda).
  • Ímã de Alnico: Ímã feito de liga de alumínio.
  • Ímã Cerâmico: Utiliza magneto de ferrite em vez de alnico.

Amplificadores de guitarra para iniciantes

O ideal seria você começar devagar, talvez um amp pequeno transistorizado (solid-state), que é o tipo mais barato e popular de amplificador, amplificador ideal para estudos e pequenos ensaios, ou seja, são bons amplificadores de guitarra para iniciantes. O ideal seria estipular um preço relativo ao valor gasto com a sua guitarra, confome você for melhorando de nível, troque a sua guitarra por uma melhor, e conforme as necessidades forem surgindo, a evolução do amplificador também será relativo.

amplificadores de guitarra para iniciantes
Fender Frontman 15R

É claro que esta dica não é uma regra, pois cada um tem uma quantidade x para gastar o quanto quiser com o seu primeiro instrumento ou primeiro amplificador, mas, em geral, os amplificadores pequenos são os melhores amplificadores de guitarra para iniciantes. Você não precisar começar com um miniamp, que em geral são movidos à bateria de 9 volts ou fonte (logo faremos um artigo falando sobre os miniamps). Porém, um combo transistorizado com potência entre 10 e 20 wat­ts costuma dar conta do recado nesse estágio inicial de guitarrista.

Um dos modelos de amplificadores de guitarra para iniciantes que podemos citar é o Fender Frontman 15R. Pequenos e leves, são indicados para, além dos iniciantes, quem já toca por hobby e vai utilizá-los apenas em casa, por curti­ção, em um modesto home studio. Mesmo assim, a sonoridade desses pequenos com­bos está cada vez mais surpreendente, pois eles foram os mais beneficiados pelo avan­ço da tecnologia de modelação digital de amps e, em gravações, podem soar como verdadeiros gigantes. O problema desses amps pequenos é que eles não são muito altos, pois costumam ser equipados com alto-falante de 6,5″ ou 8″, que não têm muito poder de gerar timbres graves. Mas os modelos como esse da Fender e o Roland Cube 15 tem boa capacidade de tocar alto, e com boa distorção onboard. Fora a capacidade também que você tem de ouvir no phone.

amplificadores de guitarra para iniciantes
Roland Cube 15

Devemos sempre respeitar os limites de volume e recursos desses pequenos amplificadores, e apesar de terem a sua faixa de preço mais baixa e com alguns recursos mais limitados em relação aos modelos maiores, ele ainda são uma ótima opção de amplificadores de guitarra para iniciantes, além de termos vários opções no mercado tanto nacional quanto importado. Também há variações entre eles, por exemplo, alguns modelos mais simples possuem no máximo algum tipo de drive, mas apesar de simples, podem ser suficientes para quem possui alguns pedais ou uma pedaleira digital compacta.

Amplificadores  de guitarra para iniciantes: Amplificadores com tecnologia de modelação digital

Caso você só possua a sua guitarra como fiel companheira, e não tem nenhum recuso de distorção como pedais e pedaleiras, é aconselhável comprar algum modelo de amplificador que possua a tecnologia de modelação digital, na qual irá reproduzir filmente o timbre de amplificadores valvulados clássicos de grande porte, além é claro, de outros efeitos embutidos.

amplificadores de guitarra para iniciantes
Fender Super Champ XD

Essa magnífica tecnologia em si, foi feita para simular os sons de famosos amplificadores para guitarra, tais como efeitos, gabinetes, bem como simular a maneira tradicional de som dos falantes quando misturado com os diferentes tipos de microphones. Essa tecnoliga de modelação digital é capaz de fazer uma ampla gama de tons e efeitos, e oferece simulação de gabinete, para que possa ser gravado sem um microfone. Se você usa a pedaleira como uma fonte principal de drives e efeitos, então evite esses amplificadores com tecnologia digital. O problema é que pode ocorrer conflitos de sinais na sua digitalização, ou seja, duas fontes fazendo o mesmo trabalho, ou conversões, o que pode atrapalhar bastante no timbre original de sua guitarra.

amplificadores de guitarra para iniciantes
Marshall MG10KK

Bom pessoal, espero que esse artigo sirva para elucidar um pouco as dúvidas sobre amplificadores de guitarra para iniciantes.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


quatro × 2 =