A inspiradora história de Jason Becker

Jason BeckerJason Becker é sem sombra de dúvidas um dos mais incrivelmente talentosos guitarristas e músicos que já apareceram desde a invenção da guitarra elétrica. Com composições surpreendentemente complexas, de inspiração clássica, Jason foi um famoso guitarrista do estilo “shredder”, por tocar escalas complexas com grande velocidade. Sua história, uma das mais trágicas e inspiradoras do mundo tem pouca atenção no cenário musical. Por profunda admiração a este excelente guitarrista, queremos compartilhar com vocês, leitores do PortalMúsica, a história de Jason Becker.

A história de Jason Becker

Jason Becker

Nascido em 22 de Julho de 1970, Jason foi apresentado à guitarra aos 5 anos. Seu pai (um artista) e seu tio já eram guitarristas, o que possibilitou à ele aprender consideravelmente rápido, tornando-o um excelente músico com pouca idade.

Ainda jovem, ele se dedicava cerca de 10 horas por dia praticando, assim como Bob Dylan, Eric Clapton, Jeff Beck e Eddie Van Halen. Ele foi fortemente influenciado por vários estilos musicais do mundo inteiro, e assim como seu amigo e parceiro de banda, Marty Friedman, as composições de Jason geralmente apresentam escalas exóticas e incomuns. Quando cursava a 6ª série, Jason já tocava ao vivo em cafés e danceterias.

No ensino médio Jason foi apresentado à Marty Friedman, por quem compartilhava gostos musicais similares, bem como um grande talento. Em 1986, a dupla formou a banda de Speed Metal chamada Cacophony, lançando seu primeiro álbum, chamado Speed Metal Symphony em 1987, com apenas 17 anos de idade. Considerado uma obra-prima, o álbum Speed Metal Symphony está repleto de composições de guitarra melódica incríveis, complexas e muito rápidas. O segundo álbum, chamado Go Off! foi lançado em 1988 e se mostrou um grande fracasso comercial, que acabou ocasionando na separação dos membros da Cacophony. À partir daí, criou-se um culto à Cacophony.

Ainda em 1988, Jason lançou seu primeiro álbum solo, Perpetual Burn. Trata-se de um álbum que todo fã de guitarra shred deve ter, cheio de harmônias agressivas, de influência clássica, sendo Paganini sua maior influência, bem como contrapontos e sweep picking, que são a assinatura do estilo de Jason.

Jason BeckerEm 1990, aos 20 anos, Jason ofereceu à Steve Vai um lugar na banda de David Lee Roth. Com David Lee Roth ele gravou “A Little Ain’t Enough”, que é amplamente considerado o melhor álbum solo de David. A carreira de Jason nunca esteve melhor, até que um desastre ocorreu. Aquilo que começou como um enfraquecimento na perna esquerda, foi precocemente diagnosticado como esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa do sistema nervoso. Seu médico estimava que Jason teria no máximo 5 anos de vida. Embora ela tenha ignorado esse diagnóstico por um bom tempo, acreditando ser algo passageiro que logo iria melhorar, no tempo em que o álbum era gravado, a habilidade de Jason tocar reduziu muito, ao ponto dele depender inteiramente da alavanca da guitarra para executar um vibrato.

Agora, inapto à tocar guitarra, Jason se mudou para a casa dos seus pais. Lá, ele encontrou refúgio na espiritualidade, o que o ajudou bastante na convivência com esta condição. Ele, dá todos os créditos para sua vida prolongada à Ammachi, seu guru nos ensinamentos de Yogananda, ao qual ele é devoto. Contando com apoio de seus amigos e familiares, ele começou a compor músicas através do computador e em 1996 lançou um álbum de material original, tocado por outros músicos. Desde então sua condição se estabilizou e dois álbums foram lançados, entitulados RaspBerry Jams (1999) e The BlackBerry Jams (2003). Há também um documentário, ainda não lançado, sobre a vida de Jason Becker que segundo o site oficial deverá se chamar “JASON BECKER: NOT DEAD YET”. Atualmente, Jason continua a compor músicas da sua casa em Glendale, California, entretanto, seu foco maior está na espiritualidade e na escrita.

Discografia de Jason Becker

CacophonySpeed Metal Symphony (1987) com Cacophony
Go Off! (1988) com Cacophony
Perpetual Burn (1988)
A Little Ain’t Enough (1991) com David Lee Roth
Guitar’s Practicing Musicians: Volume 2 (1991) compilação rara que conta com inúmeros guitarristas conhecidos
Perspective (1996)
The Raspberry Jams (1999)
The Blackberry Jams (2003)

Um número de álbuns de tributo à Jason Becker foram lançados e notoriamente podemos mencionar Warmth in the Wilderness Vol. I e II.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


sete − 4 =