5 Dicas para gravar seu violão acústico com qualidade

Gravar violão acústicoEntão, você quer gravar uma música ou composição sua com seu violão acústico? Veja essas 5 dicas para uma gravar seu violão acústico como um profissional:

Dicas para gravar seu violão acústico

1- Escolha do violão: Cada marca e estilo de violão possuem um som diferente. Todos soam diferentes, sendo que seu violão favorito ou o mais caro pode não se adequar em todas situações. Ter algumas opções de violão por perto irá te ajudar a chegar próximo do som ideal para cada tipo de música.

2- Afinação e cordas: É algo simples mas muitos se esquecem disso. Antes de uma importante gravação, coloque novas cordas em seu violão. Antes de cada tomada, verifique se o violão está perfeitamente afinado. Se você usa um capotraste, lembre-se de compensá-lo com sua afinação.

3- Ouvindo: Ao invés de apenas colocar o microfone onde você pensa que irá soar bem, levante-se e ande ao redor do ambiente e ouça as mudanças tonais em cada parte do violão. Quando encontrar um ponto bom, coloque seu microfone lá. Isto é um ótimo ponto de partida para uma gravação mono (1 microfone) e também um bom aquecimento para seus ouvidos. Se a música pede uma parte estéreo, você precisa achar pontos bons para os microfones. Quão alto ou baixo, longe ou perto, você não saberá até tirar um tempo para testar e ouvir. Teste antes de gravar seu violão acústico.

4- Escolha de microfone e posição: No estúdio é improvável que você irá preferir o som de um microfone dinâmico em um violão, comparado com um condensador, mas se você nunca o ouviu, tente testar todos os tipos de microfone. Condensadores de diafragma grande ou pequeno são as escolhas mais comuns para gravação de violão acústico. Novamente, ouça as diferenças entre cada microfone e onde você os posiciona. Quanto mais próximo o microfone estiver do instrumento, mais ele te dará o “Efeito de Proximidade” (um ganho exagerado de baixa frequência no microfone). Evite usar microfones que exageram muito nas frequências baixas, médias ou altas dependendo do violão que possui. Escolha um microfone que complemente ou equilibre o som, como por exemplo, usar um microfone com som mais “escuro” para uma guitarra com som mais “brilhante”.

5- Processamento: Depois de ter feito o melhor para captar o som do seu violão corretamente, você ainda precisa trabalhar um pouco para tocar que todos os instrumentos toquem bem na gravação. No mix você geralmente precisa de um pouco de processamento para dar ambiente aos outros instrumentos, controlar dinâmicos, além de outras coisas. Geralmente você precisa fazer o seguinte:

– Cortar frequências muito baixas;
– Dar forma aos médios para dar espaço para os vocais;
– Comprimir alguns decibéis para equilibrar a performance;
– Adicionar um pouco de reverb para dar um efeito de espaço;

Esperamos que essas dicas para gravar seu violão acústico sejam úteis em suas próximas gravações!

Comentários

  1. SÉRGIO GAIBA diz

    Sempre tive essa dúvida. Numa sonorização usando Multicabo (Medusa, etc), como devem ser os plugs de conecções: devem ser todos XLR (canon), pois é possivel ligar o contra baixo direto na mesa via multicabos em plugns XLR? me ajudem a tirar essa dúvida!

    Obrigado

    • diz

      Olá Sérgio,
      Há diferença entre os conectores e cada um tem sua finalidade. Iremos fazer um artigo em breve sobre isso, fique ligado!

      Obrigado pela visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− 3 = três