10 dicas de como tocar violão ao vivo

dicas de como tocar violão ao vivoOlá pessoal, tudo certo? Hoje resolvi fazer um artigo mais voltado para os músicos que já pretendem tocar ao vivo, porque quanto mais informação o músico colher a respeito, melhor pra ele. Então sempre que possível compre revistas especializadas e leia artigos de quem entenda do assunto. É interessante falar deste assunto porque normalmente quem faz um show acústico enfrente problemas completamente diferentes em relação a uma banda completa. Em shows deste tipo  o mais comum é termos apenas um violonista e um vocalista, isto quando o músico não desempenha os dois papéis sozinho. Então já viu, a timbragem e a sonoridade deve estar perfeita se você quiser impressionar o público e ter um diferencial.

Então aqui citaremos dicas de como tirar um bom som de seu violão ao vivo, seja de um sistema PA ou amplificadores.

10 dicas de como tocar violão ao vivo

1. Microfonado versus line-in

Se você tem bons microfones como por exemplos Shure SM 57, o som de seu violão provavelmente soará melhor do que usar a parte eletrônica onboard de seu violão . No entanto, saiba que há desvantagens significativas em microfonar um violão em vez de enviar o som através de uma entrada line in. Por um lado, você não pode se movimentar muito, porque a tonalidade de seu violão vai mudar e não vai soar muito bem. Por outro, a sonoridade de uma entrada line in é geralmente muito boa se você trabalhar com sistema PA (caso não esteja familiarizado com este termo veja este link), isso ajuda na equalização de seu violão, tornando assim uma sonoridade high-end para o violonista solo.

2. Coloque o seu afinador no chão

Além de manter o violão afinado, óbvio, seu afinador no chão também irá permitir você silenciar seu violão enquanto murmura entra uma música e outra. Além de ser encarado como uma unidade separada, ele pode ser mantido ou incorporado em sua unidade de pré-amplificação de efeitos.

3. Compre uma nova bateria

Sim, elas são ridiculamente caras, mas a bateria no seu violão precisa ser nova para fornecer sinal de qualidade. Troque-as regularmente e sempre tenha uma de reserva no seu case/ gigbag. Qualquer coisa menos que isso é para amadores.

4. PA ou Amplificador

A maioria dos amplificadores de guitarra vão dar ao violão um som desagradável e desequilibrado, com os altos e médios vindo mais fortes do que os graves. A razão é que eles estão configurados para instrumentos elétricos, e não instrumentos acústicos. No entanto, existem alguns amplificadores no mercado feitos especificamente para instrumentos acústicos, e eles geralmente têm uma tonalidade mais “encorpada” e balanceada. A questão é que, se você estiver cantando através de um PA enquanto toca o violão através de um amplificador,  você terá duas fontes de sons diferentes, e se elas estiverem desequilibradas, o efeito pode ser desagradável. Se você tiver um amplificador acústico, você pode considerar a microfonação através do PA, ou apenas gastar algum tempo trabalhando na posição dos falantes (speakers) e deixá-los bem ajustados para que som pareça vir do mesmo lugar enquanto estiver cantando e tocando.

5. Fique em pé!

A menos que você seja famoso o suficiente pare ser notado, ou o palco esteja numa altura considerável, caso contrário, eu aconselho a tocar em pé. Além de você ficar em mais evidência, ficar em pé melhora a chance do ar sair pra fora na hora de cantar, além de melhorar a sua performance.

6. Entenda o mínimo sobre a frequência Hertz

Veja esta breve explicação sobre Hertz segundo o Wikipedia:

hertz (símbolo Hz) é a unidade de frequência derivada do SI para frequência, a qual é expressa, em termos de ciclos por segundo, a frequência de um evento periódico, oscilações(vibrações) ou rotações por segundo (s−1 ou 1/s). Um de seus principais usos é descrever ondas senoidais, como as de rádio ou sonoras.

Ter um bom conhecimento em números desta frequência sonora que nós chamamos de Hertz, é fundamental para o bom profissional, por exemplo,  80-90Hz é o que chamamos de rumbly bass, que é um som pesado demais, o que exige ajustes a serem feitos. Um pouco de corte em torno de 600-800 Hz já é o ideal, ajustar no ponto certo pode fazer maravilhas para clareza de seu som.

Mais 1-1.5kHz irá ajudá-lo a cortar um pouco mais o som se precisar. 3.5Khz já forma uma piezo horrível, então vá com calma no começo.

7. Preste atenção na angulação dos plugs

Ao tocar de uma forma mais correta, em um ângulo mais reto, você minimizará os danos causados aos cabos e na base de seu violão durante os shows. Ou ainda melhor, invista em um conector do tipo Silent Plug Neutrik para evitar aqueles estrondos e ruídos na hora de plugar e desplugar os cabos.

8. Compre um amp acústico

Sim, os bons são muito caros, mas se você levar a sério essa questão sobre a tocar violão ao vivo, ele vai ajudar muito e ter mais definição e controle de sua sonoridade, e você irá se ouvir melhor!

9. Compre um anti-feedback

Supondo que você irá usar a sua entrada lin-in, um anti-feed back além de evitar o feedback, ele vai equilibrar o som. Eles são relativamente baratos, e tornam a experiência de tocar um violão ao vivo um pouco mais agradável. Eu recomendo comprar uma tampa de aborrachada, porque algumas de plástico podem danificar o acabamento dos violões. Sites de música e no próprio mercado livre dá para encontrar fácil esse produto.

10. Toque alto!

Um violão pode se tornar um instrumento bem alto se o músico desejar. Uma dica é usar a correia um pouco mais curta do que normalmente usaria em um instrumento elétrico. Usar o notch filter um pouco mais alto também vai ajudar bastante.

Bem galera é isso ai! Espero que tenham gostado, caso tenham mais dicas ou sugestões ficam a vontade para opinar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


dois − = 0